Espinhaço

 Home / Espinhaço

Seguindo a idéia que traduz seu nome, este Projeto busca desenvolver ações que promovam ganho ambiental, através da recuperação e conservação ambiental e de geração de estudos e propostas para a ampliação das unidades de conservação na Serra do Espinhaço.

 

No desenvolvimento deste projeto, o Instituto Espinhaço também realiza palestras de educação ambiental, seminários, apresentação de filmes educativos, ações de recuperação de áreas degradadas, mutirões de limpeza, plantio de mudas nativas, dentre outras.

 

Dentro deste projeto, realizamos o “I Seminário sobre Conservação e Sustentabilidade na Serra do Cabral”. Essa região da Serra do Espinhaço tem uma riqueza biológica de grande relevância e é, amiúde, palco de conflitos socioambientais. Pela primeira vez na história da região os atores sociais locais e os poderes públicos estaduais e municipais se reuniram e trabalharam em conjunto para o desenvolvimento de propostas que levam em consideração a conservação e o desenvolvimento socioeconômico da região.

 

O que foi o “I Seminário sobre Conservação e Sustentabilidade na Serra do Cabral”
Tema:  Uma iniciativa conjunta para a busca do desenvolvimento sustentável

 

O Seminário foi realizado nos dias 07 e 08 de junho de 2010, na cidade de Buenópolis, Minas Gerais e contou com a participação de mais de 80 (oitenta) pessoas de toda a região da serrado Cabral, além de várias empresas, órgãos de governo, ong’s, entre outras.

 

Objetivos do Seminário:
– Aproximar grupos e pessoas, integrando e fortalecendo idéias e iniciativas de sensibilização e mobilização dos municípios que compõe a região da serra do Cabral, destacando seu desenvolvimento sócio-econômico, preservação ambiental e geração de qualidade de vida;
– Reunir órgãos e instituições públicas ou privadas envolvidas em ações de proteção, conservação e uso sustentável integrado dos recursos naturais disponibilizados na região da serra do Cabral;
– Promover a geração de informação e conhecimento e possibilitar a troca de experiências, visando contribuir com a mudança do paradigma da sustentabilidade e ainda, enriquecer as iniciativas locais e regionais e estabelecer as bases de um intercâmbio e cooperação mútuos com as comunidades locais;
– Criar e fortalecer uma rede local de colaboradores que trabalhem em sinergia com os novos preceitos mundiais de sustentabilidade, visando a gestão de conflitos e a proposição de ações conjuntas de recuperação ambiental, geração de renda, emprego e qualidade de vida;
– Identificar ações prioritárias a serem apoiadas, incentivadas e implantadas na região da serra do Cabral.

 

Encaminhamentos do Seminário:

Nesse I Seminário realizado pelo Instituto Espinhaço, na região da Serra do Cabral, foi apresentada Proposta de Criação do Corredor Ecológico da Serra do Cabral.

Este projeto aguarda apoio da sociedade local para sua implantação. Todo o conceitual do projeto foi desenvolvido pela diretoria do Instituto e constitui-se numa ferramenta essencial para a conservação da biodiversidade da Serra do Cabral. Além desta proposta, as entidade presentes elaboraram, com a coordenação do Instituto Espinhaço, a “Carta da Serra do Cabral”, com propostas e compromissos sócio-ambientais para a sustentabilidade daquela região.

Este projeto, desenvolvido em parceria com a Paróquia de Conceição do Mato Dentro, com a Diocese de Guanhães e com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, propõe ser um amplo programa de Educação Ambiental:

 

“PROGRAMA DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SÓCIOAMBIENTAL, CULTURA E CIDADANIA –  CO-RESPONSABILIDADE PARA UM MUNDO DE PAZ, COM QUALIDADE DE VIDA”.

 

Este projeto trabalha com a mobilização e educação ambiental, ações práticas e exemplos de cuidado com o planeta. O programa está alicerçado e baseado na campanha da fraternidade deste ano, cujo tema é: “FRATERNIDADE E A VIDA NO PLANETA”.
Dentro deste projeto serão realizadas uma série de atividades culturais, educacionais/ecológicas e lúdicas, que se iniciaram no mês de março e finalizarão no dia 05/06, dia mundial do meio ambiente.

Com o intuito de instrumentalizar, com informações e detalhamentos relevantes, as ações de gestão integrada do território desta região do Espinhaço, o Instituto Espinhaço idealizou o  Projeto “Hermes” – Sistema Georreferenciado para Gestão Ambiental e Territorial”, que está sendo desenvolvido pelos municípios de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim, com a interface e articulação do  Instituto Espinhaço.

 

Este projeto  tem como objeto o desenvolvimento e a implantação de um sistema georreferenciado para a gestão ambiental que disponibilizará ao três municípios, uma base de dados de última geração e mapeamento completo de toda a região. Munidos com esta base de informações atualizadas a todo instante, os municípios poderão planejar o crescimento das cidades e fazer uma eficiente gestão de seus territórios.

 

O projeto conta com representantes técnicos de cada município e o sistema será implantado na sede do Instituto Espinhaço, que centralizará os dados fazendo a interface junto aos municípios bem como a gestão e o gerenciamento do sistema.

O Projeto “Mensageiros da Água” foi idealizado pela Fundação France-Libertès. A Fundação coordena projetos no setor de meio ambiente há vinte e dois anos, trabalhando com diferentes instituições internacionais envolvidas com o tema da água. Os projetos de âmbito educativo coordenados pela Fundação e em parceria com o Instituto do Espinhaço estão hoje reunidos no projeto Mensageiros da Água.

 

O projeto que está sendo elaborado para a cidade de Conceição do Mato Dentro, em parceria com o Instituto Espinhaço,  busca sistematizar práticas pedagógicas, criar intercâmbios de melhores práticas entre diferentes instituições da sociedade e conferir uma maior amplitude e visibilidade aos projetos de acesso à água potável, saneamento, preservação dos recursos hídricos, educação e cidadania pelas águas. O objetivo é oferecer condições para que todo cidadão possa compreender e participar, em sua comunidade, bairro, cidade ou região,  na busca de uma melhor gestão desse elemento vital.

 

O projeto Mensageiros da Água está elaborando, em parceria com Instituto Espinhaço, um programa de Recuperação Ambiental para uma das mais importantes micro-bacias da cidade: a micro-bacia do Córrego do Baú. Este córrego, pela proximidade com a região onde estão inseridas as comunidades mais carentes da cidade, teve suas matas ciliares quase totalmente destruídas. Sua nascente é formada no Parque Natural Salão de Pedras, sendo que suas águas cristalinas já foram a mais importante fonte de abastecimento da cidade de Conceição do Mato Dentro e hoje, além de sua importância singular na manutenção da qualidade ambiental do Parque Salão de Pedras, também são uma importante fonte de abastecimento  de água para as comunidades carentes na zona periurbana da cidade. A recuperação das matas ciliares do Córrego do Baú é uma ação que necessita urgentemente ser implantada visando garantir melhor qualidade ambiental e social para as comunidades de baixa renda da cidade.
Este programa trabalhará na recuperação ambiental de toda a área de preservação permanente do Córrego do Baú, além de recuperar suas nascentes e áreas de recarga.

 

Tão logo esteja concluída a fase de elaboração, este  projeto será implantado pela Fundação France-Libertès e pelo Instituto Espinhaço, com o apoio da Prefeitura Municipal, do Sindicato dos Produtores Rurais, do Instituto Estadual de Florestas, do Conselho Gestor do Parque Salão de Pedras, além da participação ativa das Associações Comunitárias dos bairros vizinhos ao córrego do Baú.

 

Outra proposta que ainda está sendo elaborada e  que será implantada em Conceição do Mato Dentro será o Projeto de Capacitação de Professores da Rede Municipal de Ensino. Este projeto, também desenvolvido pela Fundação France-Libertès que será aplicado em parceria com o Instituto Espinhaço, será voltado para a capacitação em educação ambiental, relacionada com a vida do cidadão, com seu meio, sua comunidade e sua realidade local. Tem como foco principal motivar os professores da rede municipal, tornando-os idealizadores e articuladores de ações maiores em prol do coletivo, desenvolvendo um sentimento íntegro de pertencimento e promovendo um re-significado pela experiência que o processo educativo provoca. Este projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, do Instituto Brasilan, das Associações de Bairros, do Conselho Municipal de Meio Ambiente, dentre outros. Esta é uma ação de importância estratégica e fundamental, pois o município de Conceição do Mato Dentro  que tem índices educacionais equiparados aos do Vale do Jequitinhonha, um dos mais baixos do País. Serão capacitados  mais de 40 professores, de todas as escolas da rede municipal de ensino, o que beneficiará mais de 2.500 alunos de baixa renda, principalmente, os da zona rural do município.

Quem Somos

O Instituto Espinhaço – Biodiversidade, Cultura e Desenvolvimento Socioambiental, é uma ONG sem fins lucrativos que atua em convergência as estratégias propostas pela Unesco para o desenvolvimento dos territórios inseridos em uma reserva de biosfera...

Onde Estamos

  •   Rua José Sena 26 A – Rosário – Conceição do Mato Dentro - Minas Gerais
  •   (31) 3868.2362
  •   institutoespinhaco@institutoespinhaco.org.br

Siga-nos