Objetivo

 Home / Objetivo

O INSTITUTO ESPINHAÇO objetiva a promoção do desenvolvimento sustentável das comunidades inseridas no contexto da serra do Espinhaço, considerando os aspectos Ambientais, Culturais, Sociais e Econômicos, trabalhados de forma sistêmica e integrados.

 

O Instituto pode desenvolver estudos, ações, proposição, gerência e parceria em projetos relacionados à conservação da biodiversidade e dos recursos naturais, em especial,  a flora, a fauna, as águas, o solo, o ar, bom como, propor ações e atividades que visem o desenvolvimento sustentável e o uso adequado e dos recursos minerais, numa visão sócio-ambiental e econômica da atividade e ainda, desenvolver ações para a conservação das paisagens e dos monumentos naturais.

 

O Instituto também propõe trabalhar com a preservação, conservação, desenvolvimento e valorização dos bens materiais e imateriais do patrimônio cultural e histórico das comunidades inseridas ao longo da serra do Espinhaço, por meio da realização das seguintes atividades, que constituem objetivos do INSTITUTO, entre outras:

 

a) Estimular, reconhecer e valorizar as iniciativas que visem ao desenvolvimento sustentável e divulgar e realizar ações que promovam uma ética universal, a paz, a solidariedade, a harmonia, o exercício da cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais.

 

b) Fomentar a prática do uso sustentável dos recursos naturais, difundindo novas tecnologias, para promover o desenvolvimento social, ecológico e econômico das gerações presentes, sem o comprometimento da qualidade de vida das gerações futuras;

 

c) Promover palestras, debates, encontros e outras ferramentas de mobilização e educação, com empresas e outras instituições públicas ou privadas, sobre a responsabilidade social empresarial, bem como, produzir, editar, divulgar e distribuir publicações em geral, jornais, revistas, livros e audiovisuais sobre assuntos de interesse Ambiental, Cultural e de Sustentabilidade em geral e ações ambientais em defesa da do Meio Ambiente, das Comunidades Tradicionais e da Qualidade de Vida

 

d) Fortalecer organizações privadas e públicas e iniciativas que trabalhem com ações e diretrizes ligadas à temática da sustentabilidade socioambiental e estimular a parceria, o diálogo local e a solidariedade entre os diferentes segmentos sociais, participando, junto com outras entidades, de atividades que visem interesses comuns;

 

e) Cooperar com instituições interessadas na conservação dos recursos naturais, através de convênios e afins e realizar a arrecadação, administração e desembolso de fundos, através de entidades e órgãos governamentais e não governamentais, ou indivíduos, para a conservação do meio ambiente, valorização do patrimônio cultural e o desenvolvimento sustentável;

 

f) Fomentar a Criação e Fortalecimento de Redes Sociais e a Formação de Clusters, visando a sustentabilidade social, ecológica e cultural e contribuir para o aprimoramento do controle público (governança) de instituições e políticas, públicas ou privadas, nas áreas temáticas de relevância dos programas do Instituto Espinhaço;

 

g) Fomentar a Gestão Socioambiental Estratégica e a adoção de Novas Tecnologias Gerenciais nas empresas, de forma a buscar aprimorar o Relacionamento do Fator Ambiental com a Sociedade;

 

h) Atuar para a criação de parques, reservas e monumentos naturais, bem como refúgios de reservas de flora nativas, dando-se especial atenção às espécies ameaçadas de extinção e prestar serviços e consultorias nas áreas de conservação e proteção do meio ambiente, resgate e preservação do patrimônio cultural e no desenvolvimento socioeconômico de comunidades, poder público e empresas;

 

i) Fomentar a atuação Responsável das Empresas instaladas ou em atividade na região da Serra do Espinhaço;

 

j) Promover a Integração das variáveis de Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento Sustentável, na tomada de decisões no setor Público e Privado e promover a defesa do meio ambiente, patrimônio artístico, histórico, turístico, urbanístico, paisagístico e cultural com a proposição de ações judiciais pertinentes que se fizerem necessárias;

 

k) Fomentar a Cooperação, a Parceria e o Fortalecimento de Ações Institucionais que visem o Desenvolvimento Sustentável das comunidades;

 

l) Agir no sentido de incluir a variável ambiental na formulação das políticas e estratégias públicas e privadas e promover o diálogo intersetorial sobre políticas e práticas individuais ou institucionais importantes para a sustentabilidade socio-ambiental-econômica;

 

m) Promover projetos e ações que visem à preservação, bem como a recuperação de áreas e ambientes degradados no meio ambiente urbano e rural, bem como a proteção da identidade física, social e cultural de agrupamentos urbanos, com recursos próprios ou advindos de convênios ou outras formas jurídicas possíveis;

 

n) Desenvolver programas e ações que visem o resgate e proteção dos patrimônios culturais atuais e ancestrais, das comunidades e povos da Serra do Espinhaço;

 

o) Promover a proteção de ecossistemas e espécimes ameaçados e promover e estabelecer programas de planejamento e gerenciamento ambiental, que objetivem a elaboração e implantação de manejo da fauna, flora e uso do solo, com a implementação e monitoramento de técnicas e instrumentos para preservação e conservação da biota;

 

p) Desenvolver pesquisas e gerar conhecimentos e ações de educação socioambiental, culturais e científicas;

 

q) Estimular a redução da poluição, o desperdício de recursos, a reciclagem e a reutilização de produtos e denunciar e combater a poluição e a degradação ambientais, em todas as suas formas, através dos meios legais disponíveis;

 

r) Realizar estudos, preferencialmente com metodologias participativas, para fundamentar as ações para o desenvolvimento sustentável da serra do Espinhaço;

 

s) Fomentar a implantação dos princípios da Agenda 21 nas escolas, nos municípios e nas empresas;

 

t) Gerar e disseminar conhecimentos e práticas sustentáveis e elaborar ações e projetos nas áreas de clima, energia, águas, ecoturismo, conservação de florestas e de pagamento por serviços ambientais;

 

u) Criar, implantar, promover e apoiar o fortalecimento de iniciativas geradoras de renda e emprego associadas à sustentabilidade ambiental;

 

v) Promover e desenvolver programas de capacitação nas áreas educacional, cultural e socioambiental, que objetivam formar agentes multiplicadores e colaborar, estimular e participar de uma rede nacional e internacional, que articule organizações não governamentais que atuem no âmbito das finalidades desta entidade;

 

w) Promover e estabelecer programas de educação ambiental que objetivam a conscientização das comunidades de forma a propiciar à reflexão, o debate, a transformação de valores, ideias e posicionamentos frente à preservação e conservação do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural das comunidades da Serra do Espinhaço;

 

x) Aproximar os conteúdos da educação ao Patrimônio Cultural, à sabedoria dos povos indígenas, das comunidades e saberes tradicionais, através de programas de integração com estas comunidades, possibilitando-os tornarem-se formadores e informadores de conhecimento, cultura e memória;

 

y) Promover a adaptação progressiva das disciplinas escolares à problemática socioambiental local, com inserção mundial;

 

z) Difundir e incentivar a conscientização para o fortalecimento da política ambiental, Cultural e da Sustentabilidade Socioeconômica, em nível regional, na Serra do Espinhaço.

Receba nossos Informativos Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades do Instituto.